• Home /
  • Hist. da Paróquia

Hist. da Paróquia

Um pouco da nossa história.

 

Os bairros Parque Santana I e II começaram a ser habitados no início dos anos 80.  Havia nesta época menos de 20 famílias morando neste local.  Todos se conheciam, se ajudavam como se fossem uma única família. Se acontecesse algo com alguém todos estavam ali para ajudar.  Era de fato uma grande família.  As crianças se juntavam em uma única rua para brincar, não havia escola no bairro, nem ônibus, muito menos água, asfalto, iluminação pública (pode acreditar: era lampião à gás), comércio  e posto de saúde, mas existia algo que talvez hoje tenha se perdido devido a imensa população que aqui habita. FRATERNIDADE.

Nesta época um casal foi procurar o então Pároco de Santana de Parnaíba, Monsenhor Eduardo (in memória) manifestando o desejo de iniciar um pequeno grupo para rezar, se reunir, e até mesmo ter a celebração eucarística nas casas.  Monsenhor Eduardo, vendo com alegria aquele pedido se comprometeu a ajudar e enviou para formar aquele grupo a Sra. Matilde, uma senhora de muita fé e que com pulso firme, dinamismo, coragem começou a caminhar com aquela pequena comunidade, em torno de umas 08 famílias. Com o a adesão e o comprometimento daquelas famílias com a Igreja, em 23.10.1.983, na casa daquele casal se celebrou a 1º missa.  

Então, na gestão do Capitão Victor, prefeito municipal, foi doado, com escritura, à comunidade o terreno onde hoje está edificada a nossa igreja matriz.  Foi cimentada a pedra fundamental e colocado no terreno uma cruz bem grande, sinal que naquele bairro existia uma comunidade cristã.  Já nessa época (1.984) o grupo era um pouco maior e já com pessoas diferentes daquele grupo inicial.

O desafio agora era construir a capela. Desde aquela época as pessoas eram comprometidas com o dízimo e faziam festas para arrecadar fundos para a construção. Foram levantados os primeiros tijolos, as missas que aconteciam a cada dois meses já aconteciam nesse espaço e em junho de 1.986 aconteceu a 1ª Eucaristia com as crianças daquelas primeiras famílias.  E em 04 de novembro de 1.987, quando a capela ficou pronta, foi realizado o Crisma da 1ª turma e devido a visita do Bispo da época Dom Roberto, a capela foi consagrada à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (lembra da Sra. Matilde que citamos acima – ela era devota de Nossa Senhora sob o título de Perpétuo Socorro, encomendou o ícone de Nossa Senhora que foi trazido da Itália por um padre que era seu amigo e doou à comunidade – como ela manifestou o desejo de ter uma capela com esse título a comunidade quis agradecê-la dando à capela este título).

Com a chegada do novo pároco de Santana, em 1.992, e o seu incansável trabalho de Evangelização muitas pessoas voltaram ou começaram a participar da vida comunitária. A Capela sofreu uma ampliação até estar como hoje.  O bairro foi crescendo muito, a população do bairro também e dos bairros circunvizinhos ficando difícil para um único Padre administrar a imensa Paróquia de Santana de Parnaíba, que na época tinha mais de 40 comunidades.  Então a convite do Frei e de Dom Amaury o Pe. Erminio em dezembro de 1.999  assumiu e foi morar na comunidade, assumindo as responsabilidades sobre as comunidades dos bairros: Pingo D´agua, Ponte de Cimento, Germano, Parque Santana I e II, Rancho Alegre e Jardim Isaura.  Foi um período de muita graça pois ajudou a comunidade a amadurecer para ser futuramente uma Paróquia.   Em janeiro de 2.001, Pe. Erminio foi transferido para Salto e Dom Amary designou para morar na comunidade em fevereiro daquele ano o então Diácono transitório Marcelo Alessandro de Lima, que ficou conosco até sua ordenação em junho do mesmo ano. Alguns meses depois as irmãs Missionárias de Cristo assumiram os trabalhos da comunidade, inclusive morando no local e preparando até a chegada daquele que seria o nosso 1ª Pároco, Pe. Elpídio, que foi nomeado e empossado no dia 25.03.2.003, data em que Dom Amaury deu o título de Paróquia à comunidade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.  Pe. Elpidio desenvolveu seu trabalho até o dia 05.01.2.010 data em que foi transferido para assumir novos desafios na Paróquia São Vicente, em Judiai.

A Igreja é feita de pessoas.  Somos o povo de Deus em volta do seu pastor.  Se alimentando da mesa da palavra e da mesa da comunhão. Praticando a caridade e a justiça.  Muitas pessoas passaram por aqui, algumas não estão mais conosco, mas deixaram registrado seu trabalho, sua doação, sua caridade. 

Obrigado Jesus.  Se hoje temos o que temos, se estamos onde estamos é porque está conosco, caminha conosco, desde o 1ª encontro (23.10.1.983) até hoje e por toda a eternidade, através da Tua palavra, do Teu corpo e Sangue que nos alimentam todos os dias.

Santana de Parnaíba, 25 de maio de 2.010.

 

Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro


26 anos, 07 meses e quatro dias como comunidade.
09 anos como paróquia

Comunidades:
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Matriz)
Nossa Senhora Aparecida
São Judas Tadeu
Santa Terezinha
Nossa Senhora de Fátima
Nossa Senhora do Rosário
Santa Luzia

 

Testemunhos

teste testemunho

Claudio oliveira

Casal de Segunda União

Desenvolvido por PASCOM

Por Claudio Santos de Oliveira, Tel.: 11 97038-8076 e-mail.: claudio.s.o@bol.com.br

Desenhos Para Colorir

Bíblia Católica download gratis

Aula de Canto

Galeria de foto

Clique AQUI